Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Acesse também: 

Por: Ferramentas Gerenciais 

Titulações, Salários, Áreas de Atuação, tudo sobre a profissão Administrador.

Por: Ferramentas Gerenciais 

Conheça os tipos de administradores e as suas funções no mercado. 

Acesse também: 

Por: Sílvio Broxado 

Artigo "Quem não quer ter um código de valores e conduta nas organizações.  

 
 
ASPECTOS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO
Por: Marcopolo Marinho (2010)
 

DEFININDO A ADMINISTRAÇÃO

     De maneira resumida podemos dizer que Administrar é empregar os recursos disponíveis (humanos, físicos e financeiros) em um processo deliberado e planejado na intenção de atingir os objetivos de uma organização.

ABORDAGENS DA ADMINISTRAÇÃO
     Podemos abordar a administração apontando três aspectos diferentes. São eles: Científicos, Técnicos e Artísticos.
 
  • Como ciência engloba as teorias desenvolvidas por diversos profissionais inseridos em nossa sociedade ao longo da história.
  • Como técnica aborda-se a forma prática de aplicação dos conceitos científicos.  
  • Como arte vê-se uma abordogem intuitiva aplicada durante os processos práticos e conceituais.
 
     A ciência da administração possui como objetivo de estudo as organizações ou grupo de pessoas, mas não qualquer grupo de pessoas e sim aqueles  reunidos de forma planejada e deliberada em função de um objetivo.
 
     Para que uma organização atinja os seus objetivos são necessários recursos, entre eles estão os financeitos, humanos, materiais, patrimoniais, conceituais, tecnológicos, etc. Estes recursos não são abundantes em nosso planeta e por isso a administração promove meios de utilizá-los de forma racional, sendo importante no processo de tomada de decisão racional.
 
     Racionalizar, para a disciplina, indica fazer mais "objetivos" com menos "recursos".
 
     Toda organização (seja ela pública ou privada, com ou sem fim lucrativo, de pequeno, médio ou grande porte) desempenha um processo, esse processo pode ser dividido em sub-processos, esses sub-processos em atividades e estas atividades em tarefas.
 
     Todo processo organizacional precisa de insumos como pessoas, tempo, dinheiro, instalações, bens, etc. Estes insumos possuem um custo e para que um processo permaneça na organização deverá agregar algum valor para ela, caso esse processo não agrege valor deverá ser eliminado do sistema.
 
     Todo processo gera um resultado e em uma organização esses resultados podem ser chamados de produtos (bens, serviços ou informações), que serão posteriormente demandados por seus clientes - sejam eles internos ou externos, pessoa física ou jurídica.
 
     Existem dentro de uma organização dois tipos de processos: finalísticos e os de apoio.
 
     Os finalísticos atendem aos clientes externos, enquanto que os de apoio auxiliam os clientes internos (colaboradores). Esta afirmação não exclui o fato de que os processos internos afetam diretamente nos processos finalísticos, interferindo, portanto, na atividade fim do grupo deliberado.
 

REFERÊNCIAS:

 

  • Murdick, Robert. Resumão - Administração e Negócios 01 - Administração. Barros, Fischer & Associados. 2009
  • Marques, Marcelo - Administração Estratégica. 2010 

Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.