Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Apresentações para trabalhos acadêmicos

Apresentação para Trabalhos Acadêmicos: Dicas para apresentação e defesa de trabalhos de Conclusão de Cursos de Graduação. 

 Por: Marcopolo Marinho (2010)

Bem, Para a obtenção de êxito na apresentação de um trabalho monográfico, com o intuito de alcançar a pontuação máxima no quesito defesa do referido exame, vale orientar de forma estratégica a evolução de sua exposição. Para isso, vale utilizar as regras que disporei a seguir:

APRESENTAÇÃO E DEFESA DA MONOGRAFIA

Finalmente chegou o momento da apresentação do Trabalho Final do Curso - TCC. O tema já foi carinhosamente escolhido, o orientador já auxiliou na delimitação, dias e noites sem dormir. Agora, chegou o momento de brilhar diante dos professores da banca examinadora, da família, dos amigos mais queridos e colegas companheiros da caminhada acadêmica, CHEGOU A APRESENTAÇÃO. 

Mãos geladas e suando, frio na barriga, o velho “branco do que vou falar”, para alguns é quase impossível eliminar estes fatores, porém estes podem ser bastante reduzidos se houver o principal: “PLANEJAMENTO”

Ao planejar o que você deve dizer, é bastante importante levar em consideração uma estratégia mental previamente estruturada do que e como será falado, as dúvidas que cada afirmação pode provocar nos ouvintes quando enunciadas; o tipo de predisposição da banca às idéias que você defenderá (preconceitos e visão particular); as condições e o contexto em que a comunicação ocorrerá.  

Portanto, você deverá apresetar seu trabalho ciente de que é o emissor, utilizando como canal de comunicação a fala e uma apresentação multimídia, que os seus receptores serão um economista e um filósofo (conforme exemplo acima) e no seu código “verbal e gestual” disporá sobre os temas acima elencados. 

 Se houver pendências procure resolvê-las o mais rápido possível, para evitar contratempos nos dias próximos a apresentação.
 
 CONHECIMENTO DO ASSUNTO
 
 É importantíssimo que você esteja preparado para a apresentação quanto ao conhecimento pleno do assunto delimitado, quando se tem domínio do assunto, as palavras fluem com mais naturalidade, dando-nos autoconfiança e passando uma imagem de credibilidade à banca. Esta, espera encontrar alguém que conheça bem o seu próprio assunto e as diversas abordagens existentes, mesmo que essas abordagens não sejam o foco principal de sua pesquisa e de forma atualizada para não correr o risco de a platéia conhecer tendências mais evoluídas do que a sua.

 Estude bastante o que será falado e tenha a capacidade de síntese, ou seja, tenha a capacidade de dar o seu recado com precisão e objetividade. Fale só o que for preciso, fugindo da prolixidade.

ELABORANDO A APRESENTAÇÃO

Programe-se quanto ao tempo, isto é importantíssimo, pois o mesmo deverá ser estimado para a apresentação de cada Slide, o ideal é que este seja de até um minuto, o que ocasionará uma média de vinte a trinta Slides, dependendo do tempo que é determinado previamente pela instituição que está promovendo o curso.  

A apresentação deverá ter alguma forma de controlar o tempo (visto que em algumas instituições a extrapolação do tempo implica numa redução da nota final do trabalho), tais como barras de contagem do tempo ou um espectador contador que o avise a cada dez minutos, com um sinal ou quando estiver aproximando-se o meio e o termino do tempo da exposição; Programe a apresentação em blocos (2 ou 3) e peça para que alguém dê um sinal no final dos primeiros e próximo do final do último bloco.

ELABORAÇÃO DO TEXTO DOS SLIDES
 
É preferível a utilização de fundo claro e fonte escura (Azul marinho, Vinho, Vermelho escuro) em cada Slide e marca d’água ao invés de figuras que ocupem todo o slide com textos por cima dela, para transmitir uma imagem de limpeza e transparência, você não será pontuado pela capacidade técnica de elaborar Slides e sim pela qualidade de conteúdos expressos.

Obs: Salienta-se que a utilização de figuras em uma apresentação de monografia deverá ser utilizada de forma razoável e condizente com o exposto ao longo da pesquisa científica, pois o mais importante é a apresentação verbal da tese e não a visual (não que não seja importante só não vamos exagerar nas ilustrações).

É interessante utilizar o tamanho da fonte a partir da 24. Uma boa fonte a se utilizar é a Verdana.

Não colocar mais de 30 palavras por Slide, pois a utilização de muito texto deixa os ouvintes e a banca mais dispersos. Reitero o tópico passado “o mais importante é a apresentação verbal da tese e não a visual”. No meu caso apresentei dois Slides com muito texto, porém expliquei brevemente a necessidade de inserir aquelas informações.

Veja uma boa seqüência para disposição dos Slides:

          APRESENTAÇÃO DO TEMA

          PROBLEMA/PROBLEMATIZAÇÃO

          HIPÓTESE

         OBJETIVOS (GERAIS E ESPECÍFICOS)

          JUSTIFICATIVA

          REFERENCIAL TEÓRICO/ CONCEITOS/ DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA

          METODOLOGIA

          RESULTADOS

          DISCURSÕES

          CONSIDERAÇÕES FINAIS


TESTAR A COMPATIBILIDADE DO TRABALHO COM A INFRA-ESTRUTURA

Caso seja possível, a apresentação deverá ser testada com antecedência pelo aluno, junto ao orientador, nos equipamentos que serão utilizados no dia da apresentação, para evitar que configurações diferentes desalinhem os Slides e para verificar se a apresentação ficará bem visível no ambiente. Redobrar os cuidados em apresentações durante os períodos da manhã e tarde.

É importante salvar o arquivo em versões mais antigas do PowerPoint ou em outros formatos de arquivo, evitando disparidade de softwares do local da apresentação.

HORA DA APRESENTAÇÃO

Antes de iniciar a apresentação, concentre-se no que vai fazer e acalme os seus pensamentos. Faça contagem regressiva bem lentamente e mantenha a respiração calma, mesmo que você não se considere ansioso.

Desde o início, tente envolver os seus ouvintes quanto à utilidade do tema; mostre seus objetivos, dando visão geral do programa trabalhado.

Durante a apresentação deverá ser evitada a leitura total dos textos dos Slides. Uma definição formal, pode até ser lida (preferivelmente “não”), porém, é imprescindível mostrar que o texto explicita a definição da citação do autor. Falando nisso não devemos esquecer de referenciar o texto do slide com seu respectivo autor.

Não fixar o olhar e a apresentação em apenas uma pessoa ou apenas na banca examinadora (lembre-se que outras pessoas poderão prestigiar o seu trabalho), encare-os como pessoas que confiam no seu trabalho e que estão ali torcendo por você.

Não fique andando em demasia enquanto fala, parecendo fera na jaula ou dê as costas à banca ou ouvintes; se você é do tipo que não sabe onde por a mão pode levar uma caneta ou piloto para servir de muleta.

 Também é importante controlar a fala, ou seja, falar pausadamente e com um volume adequado ao espaço físico da apresentação.

Fale com entusiasmo, transmitindo uma emoção positiva para os seus ouvintes.

Jamais declare que não teve tempo de se preparar ou chame a atenção pelo fato de estar nervoso.

DEU BRANCO! E AGORA?

Motivos causadores de esquecimentos:

  1. A capacidade de transmitir sinais entre um neurônio e outro declina com o avançar da idade 
    em decorrência de alterações químicas e estruturais do cérebro;
  2. Influências externas agem sobre a memória, confundindo, desorganizando e bloqueando-a em decorrência da percepção distorcida;
  3. Preguiça de pensar também “enferruja” a memória por falta de uso.
  4. Dieta alimentar pobre e falta de exercícios mentais e físicos que promovam uma melhor circulação sanguínea dificultam a capacidade de lembrar;
  5. Fumo, álcool e drogas em geral matam os neurônios de forma permanente e acelerada;
  6. Estresse, depressão e ansiedade também são males que comprometem a memória de forma significativa.
 
 
 
Conselhos para melhorar a memória:

1.   Aprender a relaxar;

2.   Associar fatos a imagens;

3.   Beber muita água;

4.   Ser organizado;

5.   Procurar ter uma boa noite de sono;

6.   Buscar uma boa alimentação;

7.   Praticar atividades físicas e mentais rotineiramente;

8.   Estimular a percepção;

9.   Buscar novidades e observar detalhes;

10.       Habituar-se a prestar mais atenção nos preços, nomes, cores e em      .   tudo mais que puder;

11.       Fazer exercícios mnemônicos (que desenvolvam a memória).     

Adote a prática de fazer exercícios aeróbicos que são importantes para aumentar a oxigenação do cérebro. O oxigênio é fonte de alimentação importante para os neurônios ; Não coma em demasia na véspera da apresentação ou no dia da apresentação e durma cedo para ter uma boa noite de sono.

*Parágrafo baseado no livro “Turbine seu cérebro: as novas descobertas da neurociência para você alcançar o sucesso” de Nanci Azevedo Cavaco – Editora Ferreira.

FINALIZADA A APRESENTAÇÃO

Agradecer aos membros da banca a atenção, agradecer aos colegas e familiares que prestigiaram a apresentação;

Solicitar a alguém para anotar os comentários e as alterações solicitadas pela banca (Fazer um sinal para esta pessoa para que todos saibam que os comentários estão sendo registrados ou converse com seu professor orientador para que ele faça as anotações na via entregue a ele).

Ouvir atentamente aos comentários dos membros da banca, sem atrapalhá-los e agradecer aos comentários; 

Não ficar anotando enquanto os membros da banca estão falando;

Por fim, não fique se desculpando de eventuais falhas, nem jogue a culpa para outros (entidades, pessoas, metodologias etc), pois nada é mais deselegante do que estas ações durante uma apresentação. 


CUIDADOS COMPLEMENTARES

 
Não esquecer de levar o arquivo em pen-drive, CD, DVD, além de deixar uma cópia atualizada no seu e-mail, pois é “melhor prevenir do que remediardito popular, boa apresentação para todos.

 Nesta palestra demos atenção a critérios de planejamento e com isso deixo uma frase da Psicopedagoga e Neurocientista Nanci Azevedo, que diz: “Mais importante do que desenvolver a inteligência é saber usá-la. Como você faz uso da sua inteligência?”, então você se planeja? Não? Passe a se planejar e alcançará o almejado dez, pense nisso.

Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.