Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Assédio Intelectual, ...você já sofreu algum?

Por: Silvio Broxado (2011)

     O  Assédio intelectual é um dos lados tristes dentre os diversos fenômenos do relacionamento interpessoal nas organizações e ainda não tão comentado quanto o assédio sexual e o moral.

Assédio intelectual é mais comum até do que os dois outros tipos de assédio mais conhecidos, pois não necessita de contato visual, oral ou corporal. Aliás, não existir contatos ou ocorrer de forma escassa e esporádica, é uma das formas de manifestação do assédio intelectual.  Portanto Assédio Intelectual independe de distância, local ou lay-out das instalações, e sim do clima de convivência  dentro das empresas.

     Assédio intelectual é então definido como a ação deliberada, intencional ou não,  tácita ou explicita de um indivíduo ocupante de maior cargo  hierárquico em sabotar, isolar, não valorizar ou  não considerar trabalhos executados, nem levar em conta o perfil profissional, bem como as habilidades , a dedicação,  os bons serviços, os projetos e idéias de pessoal subordinado. Esse tipo de assédio é também fruto de um tipo de conflito interpessoal, de origem racional ou emocional, cujo protagonista é alguém com pouca auto-confiança e nenhuma  capacidade de espírito de time. O assediador é um boçal organizacional.

     Assédio intelectual ocorre com freqüência quando o superior hierarquicamente, tem algum motivo ou barreira emocional e racional com relação ao subordinado. É freqüente ocorrer assédio intelectual quando o chefe, imaturamente sabe do potencial do comandado, atribuindo-lhe responsabilidades  abaixo ou acima do nível da sua capacidade de resposta intelectual ou de experiência profissional do subordinado.

      O Assédio intelectual tem algumas formas de expressão, que vão das mais simples atitudes como não cumprimentar, em ato explícito de discriminação a determinadas pessoas, e costumeiramente revela-se  num ato de indiferença com outros. Ou mesmo, a do tipo mais clássico, que é incumbir certas tarefas para um funcionário com cujo requisitos de habilidades, não há nenhuma correlação com seu perfil, ou  potencial de trabalho, bem como experiência profissional.

     O Assédio intelectual é uma intenção velada ou não do líder em relação a algum liderado, com o intuito de provocar um possível mau desempenho e com isso eliminar a "ameaça". É óbvio que o líder imaturo ou politicamente despreparado, se sente ameaçado de alguma forma, pelo liderado. Algumas atitudes manifestas o tal líder/chefe podem ser observadas ou percebidas, subliminarmente, tais quais:

1.   Definir tarefas que estejam abaixo do potencial intelectual do subordinado, entregando-lhes tarefas simplórias de serem executadas até por estagiários com a finalidade objetiva de desmotivar, transformá-lo numa "peça" sem brilho e irrelevante na estrutura de determinado setor;

2.   Não reconhecer ou fazer de conta que não conhece o potencial, e o trabalho desenvolvido pelo funcionário que realmente contribui com algo mais no setor;

3.   Não valorizar os relatórios, planilhas e as sugestões dadas para a melhoria da organização;

4.   Definir tarefas acima da capacidade intelectual e do poder de resposta adequada por parte do colaborador, com a finalidade objetiva de prejudicar a imagem profissional, o desempenho e o grau de confiança das outras pessoas com esse funcionário;

5.   Convocar funcionários para determinadas reuniões menos o tal funcionário "ameaçador";

6.   Não permitir que o subordinado tenha qualquer acesso aos demais superiores e não permitir qualquer tipo de pleito às instâncias superiores;

7.   Nunca se dirigir ao "funcionário ameaçador" nem mesmo para um simples "Bom dia!";

8.   Fazer questão de usar emails curtos e formais para solicitar algo, pedir satisfações e ordenar tarefas ao invés de uma boa e cordial conversa;

9.   Nuca se reunir com o tal funcionário, a não ser se for por muita insistência do funcionário ou porque não tem jeito, ou porque seja algo de vida ou morte, ou porque, os superiores do tal líder sugeriu colocar no circuito o tal "ameaçador";

10.          Isolar e conversar com todos demais funcionários sobre assuntos de cunho pessoal e profissional, e não com o funcionário alvo.

     Os Assediadores Intelectuais são tão despreparados para a liderança que não conseguem enxergar que tais funcionários podem um dia estar do lado do comando, e eles assim depender de algum apoio ou oportunidades dess atual subordinado, afinal, um mundo dá "muitas voltas".

     Os Assediadores Intelectuais são tão fracos que não acreditam neles mesmos para manter suas posições de comando, preferindo a hipocrisia de um risinho amarelo na direção de tais "funcionários ameaçadores".

     Os Assediadores Intelectuais são tão míopes, que só enxergam o presente e se esquecem que a empresa não é deles (na maioria das vezes), e  o mundo dá muitas voltas. E o pior, o Assediador Intelectual é tão inocente (pra não dizer outro nome), pensando  que ninguém percebe as suas sutis ações de forma delicada e tirana.

Por fim, as dicas para os assediados intelectualmente (as vítimas) são:

1.   Tente mudar de setor, departamento ou filial para tentar um novo clima no ambiente de trabalho;

2.   Se não for possível mudar, alargue, aumente, e construa a maior rede de amigos possível dentro da empresa para solidificar uma excelente imagem pessoal e profissional;

3.   Faça o melhor que possa ser feito, seja o melhor que puder ser, dê show no trabalho, se supere, pois sempre terá outras pessoas observando você;

4.   Curta suas tarefas, seus colegas, tenha prazer e alegria em trabalhar e seja o rei da iniciativa;

5.   Desenvolva uma maneira de você deixar a par das suas ações e tarefas de qualidade oscolegas e chefes dos outros setores;

6.   Tenha espírito altivo, perdoe o seu Assediador, reze bem muito e se veja daqui a dez anos dando um abraço nesse pobre e bisonho profissional.

     Enfim, respire fundo, não dê a mínima para um chefe desse tipo, construa sua carreira, tenha paciência que uma grande oportunidade está por vir e isso o mundo vai favorecer com ou sem estes "caras", na sua caminhada de sucesso! 

Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.