Jogo de Empresas ou Jogos de Treinamento

Por: Ana Carla Albuquerque (2015)

Definição – É um método de ensino e/ou treinamento essencialmente objetivo, que visa transportar o aluno/treinamento no tempo e no espaço para situação semelhante à problemática operacional que ele efetivamente irá encontrar nas empresas em que trabalhar.

Antes de darmos início ao tema vamos de uma forma simples dar exemplos ao tema.

Em uma seleção você já participou de alguma dinâmica de grupo onde seu grupo era um “comprador” e o outro grupo era o “vendedor”, e um dos participantes era o “negociador líder” o qual tinha que fazer um bom negócio?

Pois bem, quem já participou de uma dinâmica assim irá entende bem o tema, quem não participou dessa deve ter participado de outras em algum treinamento corporativo ou até mesmo na faculdade, já que muitos instrutores, professores ou gestores utilizam-se da nomenclatura “Dinâmica” ao invés de Jogos de Empresa ou Jogos de Treinamento.

A seguir iremos descrever como podem ser utilizadas, quais suas vantagens e daremos exemplos de alguns jogos.

Boa leitura!

Jogo de Empresas ou Jogos de Treinamento

Os Jogos de Empresa (ou treinamento) podem ser utilizados como forma de treinamento para Organizações ou Faculdades (pode incluir do mesmo modo as escolas). Com a aplicação dos Jogos de uma forma lúdica somado ao ambiente fortemente participativo os integrantes desenvolvem melhor a capacidade de aprendizado.

Visto dentre os autores consultados as vantagens assinaladas abaixo:

ü  Maior compreensão de conceitos, antes considerados abstratos;

ü  Conscientização da necessidade de um realinhamento de posturas e atitudes no trabalho de equipe;

ü  Redução do tempo do facilitador (instrutor), já que a vivência favorece a compreensão de conceitos;

ü  Maior possibilidade de comprometimento do grupo com mudanças que se façam necessária;

ü  Reconhecimento do próprio potencial e das dificuldades individuais;

ü  Clima de motivação, afetividade e envolvimento;

ü  Possibilidades de integração entre os participantes;

ü  Harmonização dos hemisférios cerebrais.

  

E porque utilizar-se de Jogos para realizar um treinamento?

Simples! Pois como já destacamos a pouco as pessoas (colaboradores, estudantes ou quem participe) assimilam algo que seja participativo, pois consistir em melhor entendimento, ou seja, aprendemos melhor fazendo do que lendo, ouvindo ou observando.

Além da melhor aprendizagem os jogos proporcionam o aprimoramento das relações sociais entre as pessoas, onde os participantes passam por um processo de comunicação em grupo e pessoal em que podem ser exigido algumas habilidades para conclusão da tarefa dada:

ü  Ouvir, processar, entender e repassar informações;

ü  Dar e receber feedback (iremos descrever como aplicar o feedback logo adiante) de forma afetiva;

ü  Discordar com cortesia, respeitando a opinião dos outros;

ü  Adotar posturas de cooperação;

ü  Ceder espaço para os colegas;

ü  Mudar de opinião; tratar idéias de conflitos com flexibilidade e neutralidade.

As principais características essenciais dos jogos são:

ü  Há uma meta de aprendizado;

ü  Há definições claras de quais os comportamentos que fazem ou não parte da atividade, e quais são as conseqüências desses comportamentos;

ü  Há um elemento de competição entre os participantes;

ü  Há um alto grau de interação, ao menos entre alguns dos participantes;

ü  O jogo tem um final definido;

ü  Na maioria dos casos, há um resultado definido (vencedores, perdedores e pontuação.

Segue uma tabela onde estão claros os principais objetivos, participantes e “nível” em que cada grupo se encontra.

Objetivos educacionais com Jogos de Empresas

Programa

Objetivos educacionais

 

 

Graduação

 

Recuperar uma visão sistêmica das organizações. Incluir o ambiente econômico no foco gerencial. Desenvolver espírito crítico nas decisões. Estimular a transposição da aprendizagem. 

 

 

 

 

Pós-graduação

 

Aplicar os conceitos de gestão em ambiente empresarial tratado nas demais disciplinas do programa. Interagir com os demais participantes que desempenham diferentes papéis em sua vida. Profissional e atuam nos variados setores da economia. 

 

 

 

 

Treinamento Gerencial

 

Desenvolver, nos participantes, uma visão gerencial do ponto de vista do seu cliente. Criar visão aplicada de administração mercadológica. Criar visão sistêmica de uma organização.

 

 

 

 

Desenvolvimento gerencial

 

Despertar atenção para uma gestão estratégica. Orientar para uma administração competitiva. Formar uma visão sistêmica de uma organização. 

 

            Fonte: SAUAIA, Antonio C. Aidar. p.13-27

 ______________________________________________________________ __________________________________

Referências:

  •  KIRBY, Andy. 150 Jogos de Treinamento. Tradução adaptação José Henrique Lamensdorf. São Paulo: T&D Editora, 1995.
  • PESSOA, Marcelo S. de Paula; FILHO, Paulo A. Marques.  Jogos de empresas: uma metodologia para o Ensino de engenharia ou administração.
  • SAUAIA, Antonio C. Aidar. Jogos de empresas: aprendizagem com satisfação. Revista de Administração. São Paulo: v.32, n.3, p.13-27, jul/set 1997.


Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.