Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

LIDERANÇAS IMATURAS E DESPREPARADAS: UMA TRAGÉDIA ORGANIZACIONAL

Por: Sílvio Broxado


As chefias em todos os segmentos e em todas as organizações continuam com comportamento cheio de imaturidades e carente de muitos upgrades em termos de: liderar com habilidades necessárias; em reduzir o comportamento de soberba, em diminuir um "trejeito boçal e emproado"; em baixar a crista do estrelismo; em sintonizar sua energia às demandas das pessoas que as cercam:colaboradores, pares e clientes.

Conheço organizações com um pouco mais de 100 (cem) funcionários em que os diretores nunca mantiveram um contato com o grupo de colaboradores, a não ser  em pasteurizados discursos "clichês" das  festas de fim de ano, ou nas  aberturas da SIPAT(Semana Interna de Prevenção de Acidentes).

Numa outra, o gerente de administração disse uma certa vez que seu setor era bem pequeno, pois só trabalhava ele e um outro funcionário.Todos escancaradamente sabiam de sua preferência por certo colega de trabalho, enquanto aquela área efetivamente era composta de sete  funcionários. O pior de toda essa situação é que todos na empresa percebem essa tragédia corporativa, e ele o chefe direto tem a certeza que ninguém enxerga tudo isso.

Uma das razões para esses tipos de desequilíbrios e assimetrias em empresas públicas, por exemplo, decorre da imensa quantidade de cargos comissionados, terceirizados, levados às organização pelas indicações políticas e por serem "amigos do rei", aparelhando-se dos melhores cargos, em detrimento de uma lógica verdadeiramente baseada no mérito.

Quem é líder de verdade aproveita os melhores talentos sem medo de perder posição, brilho, ou oportunidades. Quem é líder de verdade reúne pessoas para repassar diretrizes, delegar adequadamente tarefas dentro dos perfis de cada um; pedir opiniões, planejar a área com seus colaboradores, sem medo de incorporar idéias dos mais talentosos, ou dos que tem uma experiência a mais, com espírito de agregar  valor, e não ter sentimento de medo ou de ameaça da perda do cargo. Quem é líder de verdade não fica dando ou pedindo tarefas por email, numa atitude explicita de imaturidade profissional, junto com uma miopia profissional em não fazer o melhor para a empresa, mesmo que seja com as habilidades de outros.

Quem é líder de verdade, deve responder as dez perguntas a seguir, vitais para que se possa identificar suas carências e oportunidades de melhoria. São dez perguntas divididas em cinco blocos comportamentais (Habilidades Gerenciais, Eficácia Pessoal, Habilidades com Equipe,Lidar com Pessoas Difíceis, e Liderança Situacional) mais importantes para uma liderança atuante, motivadora, influenciadora, amiga, ética e em busca da prosperidade de todos.

 A SUA AUTO AVALIAÇÃO – Marque: 1 para nunca;  2 para pouco;  3 para mais  ou menos;  4 para bom;  5 para ótimo. Como você se considera nesses itens a seguir?

 A-Habilidades Gerenciais

 1- Metas com Superiores - Se você como líder cumpre o que os superiores desejam?

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 2- Metas dos Colaboradores – Se você como líder, ajuda, apóia ou acompanha o

crescimento  dos seus colaboradores?

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 3- Análise  relatórios, números – Se você enquanto chefe usa e utiliza relatórios e

números para gerar decisões e novas ações.

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 B- Eficácia Pessoal

 4- Tomada de Decisões - pensando autonomamente e decidindindo de forma eficaz e célere.

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 5- Contato com pares, colaboradores, com pessoas de outros setores, seu network de uma forma geral..

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 C-Habilidades com Equipe

 6- Reuniões Produtivas – encontros programados com todos os funcionários semanalmente.

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 7- Delegação/Acompanhamento – de ações, projetos e idéias para os colaboradores.

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 D- Lidar com  Pessoas Difíceis

 8- Resolução de conflitos – enfrentamento de situações interpessoais, frente a frente, num jogo limpo, e cartas na mesa tendo a organização como razão principal.

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 E- Liderança Situacional

 9- Elogiar, orientar, dar a crítica positiva, reconhecer, recompensar colocar "a luz" em quem merece.

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

 10-   Avaliar os Colaboradores – não é necessário se esperar um ano para preencher uma avaliação de desempenho, apenas com o objetivo de distribuir a parcela respectiva de Programa de Participação nos Resultados, mas como um fator de impulsionar os avaliados para uma carreira e futuro melhores, durante todo o ano.

Nota:[1] [2] [3] [4] [5]

TOTAL das Notas  [      ]    (some todos os pontos dados nas questões)

Se você obteve entre 50 e 45 – Você tem uma ótima postura de liderança; Se obteve entre 44 e 40: boa liderança; Se somou entre 39 e 34, tem habilidades "mais ou menos" em liderança; Se obteve entre 33 e 28 pontos, sua liderança é fraca, e abaixo de 28 pontos é muito fraca e imatura.

Logo, deixo uma mensagem aos que se acham muito bons em habilidades de liderança: não fique pensando que o que você pensa é o que interessa para as organizações. O que muitos líderes imaturos pensam, só tem validade para os interesses egoístas deles próprios.

As únicas verdades que interessam são: gente desempenhando ao máximo dentro de suas melhores expertises, com satisfação, alegria, para que se alcance o melhor desempenho e produtividade profissionais e conseqüentemente, o melhor desempenho organizacional.

Que tenhamos mais líderes de verdade nas organizações nesse mundo globalizado daqui pra frente. Que os imaturos não atrapalhem a vida das pessoas nem das organizações.

Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.