Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

LOGÍSTICA: TER OU NÃO TER?

Por: Fernando G. R. Trigueiro – Coordenado do Curso de pós graduação em logística Empresarial da FCAP/UPE

Na era das negociações eletrônicas, quando a eficiência na entrega de produtos e na realização de serviços se transformou em fator decisivo de competitividade, o mercado se rende ao conhecimento estratégico investindo cada vez mais, em mão-de-obra qualificada, como forma de reduzir custos e se destacar no ambiente em que atua. A procura por profissionais especializados em logística e com visão holística nunca foi tão expressiva quanto hoje. Tal fato tem contribuído para que a logística também conquiste seu lugar nas universidades, em grupos de estudo e principalmente nas empresas, gerando importantes discussões para o desenvolvimento logístico das regiões do pais, em busca da almejada competitividade global. Na área acadêmica, a descoberta do potencial da logística e da necessidade de mão de obra especializada, tem resultado na criação de cursos de especialização.

As empresas tem utilizado a logística como forma de diferenciação junto ao mercado, tentando satisfazer os clientes ao menor custos. Para isso e com o incentivo cada vez maior do governo as exportações é preciso algumas melhorias para permitir maior agilidade dos processos logísticos, entre elas podemos citar:

- Aumentar a malha ferroviária, além de recuperar a já existente para complementar as demais modalidades de transportes;

- Diminuir desperdício na armazenagem;

- Organizar a logística conforme previsão de variabilidade de demanda;

- Utilizar portos unicamente para distribuição e não como armazenagem;

- Acelerar a recuperação da malha rodoviária. Estradas esburacadas;

- Burocracia

- Falta de regras claras para investimento privado -PPP(Parceria-Publico-Privado

- Demora nos Postos Fiscais

 Essas e outras mais levarão com certeza ao aumento da competitividade das empresas, pois permitirão as mesmas cumprir a máxima da logística que é colocar o produto certo, no lugar certo, no tempo certo ao menor custo e com satisfação do cliente

Fernando G. R. Trigueiro - Engenheiro, Diretor da Focus Consultoria & Treinamento, Coordenado do Curso de pós graduação em logística Empresarial da FCAP/UPE. Consultor em logística e SCM.

Resumo:

Segundo agencia Nacional de transporte terrestre

Transporte por terra: rodovias= 62%

                                  Ferrovias= 21%

                                  Demais= 12%

 

Malha rodoviária do Pais: 1,74 milhão de km , sendo menos de 10% pavimentado

 

Fonte Coppead-RJ(Veja especial-outubro2004)-Os nós no meio do caminho

 

 

SINGAPURA

ROTERDÂ- HOLANDA

BRASIL

Contêiner movimentados

100/h

60/h

40/h

Custo em dólar

70,00

100,00

250,00

 

 

 

 

Apenas para manter estoque se gasta 1,2 bilhão dólares/ano.

Quantia equivalente é paga em multas pelo atraso nos portos 

Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.