Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

O Poder da Confiança nas Organizações em 04 Dimensões

Por: Silvio Broxado 


      No mundo organizacional é raro ver algum projeto na cultura das organizações focado em tratar o tema confiança. O fator confiança é tão ou mais importante quanto a tecnologia, mudanças, motivação, qualidade nos processos, e produtividade.

Aliás, aumento de confiança, em qualquer dimensão, provoca o  aumento da produtividade e melhorar satisfação em trabalhar, gerando melhores resultados tanto para as pessoas quanto para as organizações.

As quatro dimensões são: 1-) confiar mais em si; 2-) confiar mais nos outros; 3-) confiar mais no ambiente e  nas organizações e  4-) aprender a passar confiança atodos para melhorar imagem e conceito profissional e pessoal.

Melhorar a confiança é aperfeiçoar os relacionamentos, seja um casamento, seja uma parceria, ou relação capital e trabalho. È como se confiança servisse como uma capa protetora ou mesmo uma âncora psicológica para que qualquer pessoa se sinta, para desenvolver o melhor desempenho no que se faz, e mais,   saber transmitir a quem interessa. 

Não é a toa que todo líder, aliás, todas as pessoas precisam conviver com "pessoas de confiança".

Quando alguém é promovido com menos habilidades, é porque tem maior poder de transmitir confiança aos superiores e colegas.

Nas organizações toda decisão é baseada em dados ou na confiança de competência das pessoas. Nas avaliações de desempenho, está ela totalmente implícita. Quando se faz a seleção de pessoas para emprego, ela está inserida na minimização de erros na escolha do melhor candidato. Nas organizações, entretanto, não se converge ações para o aprimoramento do desempenho humano baseando-se nas idiossincrasias advindas do construir uma  melhor confiança. Uma miopia em gestão de pessoas.

 A confiança tem quatro dimensões assim descritas:

1-) Confiança mais em si - (A dimensão da Fé):

 1.1-) Sem Fé, sem auto-confiança nada anda, nada se faz, não se dá continuidade ou se desenvolve.Sem Fé não há perspectiva em relação ao futuro. Há só pessimismo, desesperança e descomprometimento no sistema de crenças de um indivíduo. Os gestores precisam enxergar este fenômeno nas organizações para melhorar o engajamento, a motivação  e as próprias pessoas precisam enxergar e desenvolver este potencial para que cada um potencialize seu potencial em ações e desempenho real.  

 1.2-) É enfrentar novos desafios de peito,sabendo e querendo correr riscos calculados, reduzir conformismos e medos, querer mais e agir para mostrar  resultados a si e aos outros. Como também, solicitar apoio e aconselhamentos de quem se confia. 

2-) Confiança mais nas pessoas - (A dimensão da confiança interpessoal):

 2.1-) É permitir-se conhecer melhor quem já se conhece, e maior quantidade de pessoas. Partir para estreitar laços de amizades ou coleguismos. Acreditar ou dar um "voto de confiança" nelas. Se você é da contabilidade, Poe de vez em quando sair para almoçar com o pessoal de vendas ou com outros de outros setores e assim vice-versa, sempre.

Observação: apenas um aviso: não confie 100% em ninguém que você conheça, para não haver decepções. Confie, todavia, confira!

3-) Confiança  mais no ambiente - (A dimensão da confiança nas coisas e pessoas):

 3.1-) É conhecer, acreditar, participar na atividades da organização e se engajar em aprimorar as normas, os processos, as  relações com projetos e  exercer a disciplina,  para promover a ética com disciplina, e . Por outro lado, as organizações devem fomentar uma cultura e clima de camaradagem, reconhecimento amizades, celebração transparência e honestidade em suas políticas e ações com os colaboradores.      

4-) Como saber transmitir confiança para quem queremos - (A dimensão passar  confiança a todas as pessoas):

4.1-)  A imagem pessoal e profissional, o que os outros pensam d'a gente, a opinião sobre os desempenhos dos indivíduos é onde reside maior dificuldade da confiança. As pessoas não sabem fazer isto, por não entenderem ainda, que "passar confiança" é tão importante quanto: ter experiência ou ter excelente background e formação educacional, falar línguas etc. Este é o principal motivo das pessoas não saberem o porquê das "portas" não se abrirem, nem porque não são promovidas. Falta-lhes a percepção de que "conquistar" a confiança, a simpatia e refinar a imagem pessoal e profissional são vitais para o sucesso de qualquer carreira.

4.2-)  É  dar um algo mais, ir além, mostrar serviço, fazer o que ninguém faz, ser aberto a mudanças, flexível, cooperativo, amigo, parceiro de todas as pessoas de todos os setores, e demonstrar vibração, entusiasmo assim como crença implacável no autodesenvolvimento e no crescimento da organização.

 Confiança em si, nos outros, na organização e na gestão do conceito de sua imagem profissional é uma grande sacada para todas as carreiras! Cofie nisso!

Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.