Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Palestra fora do expediente,...então tem hora-extra né?! ®

Por: Silvio Broxado (2011)


É incrível, e é ao mesmo tempo triste  em pleno século XXI, ver muita gente nas empresas por esse mundo competitivo, globalizado e exigente  de meu Deus, que diz assim: "...Palestra, treinamento ehh ! ...depois do expediente, no sábado, então vão pagar hora-extra, senão EU não vou ! Tu achas mesmo que vou ..., Tu achas que vou  deixar de ir para.".

  E  não vai mesmo ao evento,  o qual pode dar a essa pessoa, mais conceito na imagem profissional para dentro e para fora da empresa( quando ela um dia tiver que sair da empresa, por qualquer motivo que seja). Pior ainda, são aqueles chefes de setor, encarregados,  gerentes etc, que dizem  (sem nenhum espírito  de aprendiz e de humildade para melhorar suas habilidades técnicas e comportamentais – aliás, grande arma dos vencedores no longo-prazo ): "...Palestra EU ? ! Qual o tema? Vendas ?...Pra que, EU já sei tudo de vendas! Faço isso há muito tempo, ninguém pode me ensinar mais nada! EU sou o maior tirador de pedidos da empresa ! "– Ao invés de ser o maior Criador de Soluções aos clientes. .E continua:"...Tôu fora! Tenho mais o que fazer !  Ou o outro diz: "...Palestra de motivação?, ...sobre liderança ?...sobre atendimento?..EU ?! . Esse papo furado de auto-ajuda, chefinho moderno, encantar o cliente ..é balela!..Não vou perder meu tempo. Ninguém agüenta mais, o que importa é aumento de   salário." 

Afora aqueles que vão aos eventos, e não se desligam da sua mesa de trabalho, saindo a todo instante, recebendo ligações pelo celular, que é chato e incomoda tanto os palestrantes quanto os colegas, que querem ter uma boa performance no encontro.

 Esses profissionais e chefes da época em que se  "amarrava cachorro com lingüiça", estão condenados no médio prazo a serem dispensados por todas as empresas onde trabalham.  Esses profissionais, além de não participarem dos eventos da empresa, ainda contaminam outros colegas. Parece surrealismo nos dias de hoje, onde o emprego necessita de gente que inova, que refaz, que melhora a forma de fazer, e de se relacionar com colegas e subordinados.

 Pessoalmente, eu que fui executivo de empresas multinacionais, nacionais, além de ter realizado consultoria em muitas empresas privadas, públicas, familiares, mista,  sempre detectei pessoas alienadas de quase tudo da empresa.   Não sabem eles, que hoje: só cresce na empresa e vida profissional; só  são promovidos; só obterão aumentos salariais; só serão vistos pelos altos-gestores,  os quais além da alta-dedicação no dia-a-dia do trabalho, também adquirem alta-capacitação, participando de cursos, palestras e treinamentos, tanto técnico quanto comportamental(de relacionamento intra e interpessoal) promovidas pela própria empresa, a zero custo para o funcionário, mas que mesmo assim não participam , participando de palestras, cursos fora da empresa.  A turma do "tôu fora", dificilmente conquistará novos postos ou aumento de remuneração e serão sempre considerados os  paradões e  ultrapassados etc.

 Nesse sentido, os gestores conscientes e realizadores, que agem em equipe, têm a obrigação de alertar, de deixar claro, reafirmar a ideologia de se adquirir alta capacitação como forma de somar maior pontos nas avaliações de desempenho formais e informais, periódicas, e assim fazer cair a ficha, de que todos avaliados terão maiores fatias nas participações de lucros, e muito além disso: somar a sua imagem e conceito profissionais, o fator de alguém diferenciado,  de sucesso, e que se pode confiar em dar novos desafios e responsabilidades, ao    longo do tempo.

 Portanto pessoal, chega de pensar pequeno, vamos mudar atitude, mover ação e re-aprender já, agora, com ou sem "hora-extra", ...e fazer acontecer o seu  Sucesso !!!.   

Ferramentas Gerenciais - O Portal da Administração na Web - Artigos para consulta nas áreas de Administração Estratégica, Administração Geral, Marketing, Gestão da Qualidade, Estatística, Processos Decisórios, Logística, Meio Ambiente, E-commerce, Gestão com Pessoas, Vendas, Psicologia, Vendas, Negociação, Tecnologia da Informação, Empreendedorismo, comunicação, oratória e muito mais.